sábado, 2 de janeiro de 2010

ESTÁTUA PARA JOSÉ SANTANA

Já está na hora de Alvinópolis reconhecer o valor de seu maior homem público de todos os tempos: José Santana de Vasconcellos. Compreendo até que o nosso prefeito João Galo Indio tenha lá os seus comprometimentos políticos, seus parceiros já alinhavados, mas nem ele pode negar a importância desse Alvinopolense de relevencia para a história do nosso estado. A biografia de Santana dispensa comentários. Por várias vezes deputado estadual e federal, presidente da assembléia do estado em dois mandatos, muitos e muitos projetos aprovados para Alvinópolis, como por exemplo, o asfaltamento da estrada que nos liga a capital do Estado. Tenho acompanhado a discussão em torno da estátua do Dr. Mário, que deveria ser colocada no meio da praça São Sebastião, no lugar daquela obra abstrata, que também considero imprópria por não significar nada, uma vã tentativa de demarcar um território. Mas me permitam discordar sobre a colocação de uma estátua do Dr Mario ali. O Dr. merece sim uma homenagem, mas em um lugar que tenha a ver com seu perfil. Ficaria bem por exemplo na praça Bias Fortes, mais próxima do Hospital ou até mesmo defronte a um dos postos de saúde da cidade, mas não na praça da baixada. A praça merece uma estátua do Santana de corpo inteiro, sorridente e acenando positivamente para quem chega. O prefeito não precisa se preocupar , pois Santana desta vez nem é candidato. Tenho certeza de que o candidato que ele apoia não ficará chateado. Pelo contrário, deve ser convidado, juntamente com todos os prefeitos e autoridades da região para a inauguração do monumento em homenagem a um Alvinopolense que tanto fez pela nossa cidade. Penso que uma homenagem como essa, deveria vir acompanhada de um livro, uma biografia do nosso nobre deputado contando passagens importantes de sua vida, passando importantes lições para os políticos mais jovens e nos brindando, tenho certeza, com histórias deliciosas dos bastidores da política mineira. Eu já até me ofereci para gravar várias seções de entrevistas com ele, de maneira a reunirmos subsidios para darmos forma a esse livro. Talvez eu nem seja digno de tal intento. Imagino que ele tenha parceiros escritores, poetas, beletristas muito mais credenciados que eu, mas de qualquer maneira, espero que ele não negue isso para o mundo.

14 comentários:

Marcos Martino disse...

Devo comentar que meu entusiasmo ao escrever o artigo, foi até ingênuo. É óbvio que o candidato do prefeito não vai gostar da idéia da homenagem ao nosso deputado. É que existe a possibilidade dos filhos do Santana virem a ser candidatos e nesse caso, os votos poderiam ser capitalizados favoravelmente à velha raposa, que poderia transferir seus votos para os filhos. Assim, uma homenagem como a que sugeri está totalmente descartada. Confio muito na nobreza do Galo Índio, que tem sabido passar por cima até das picuinhas políticas tradicionais e de comportar em sua equipe pessoas de todas as matizes políticas. Mas admito que o coloco na maior saia justa, fazendo uma sugestão até certo ponto inoportuna, muito embora saiba que o Galo também tem o maior respeito pelo Deputado José Santana, que inclusive o apóia. Mas pedir que ele homenageie o deputado agora, acho que é pedir demais. Quem sabe depois da eleição que se avizinha? Nunca é tarde para se fazer justiça.

PEDRO disse...

Ainda bem q vc se explicou sr. Marcos, pois sua incoerencia ficou latente. O sr. José Santana, fez sim algo para nossa terra, mas tenho certeza q poderia ter feito muito mais. Eu pessoalmente não concordo d forma alguma com uma estátua do mesmo, pois o deputado é dos tais q faz a política dos tempos dos coronéis, prova disso é q vai lançar algum d seus filhos pra continuar a sua dinastia. O deputado faz a famosa política profissional, não tem lado, se alia sempre a quem ta no poder e digo sem medo d errar, ele fez muito pouco por nossa terra, a contar o tempo q ta na política, bom mesmo foi pra ele q fez carreira na política.

Marcos Martino disse...

Eu já esperava vozes contrárias mesmo, caro Pedro. Qualquer político gera legiões de amigos e inimigos. Não tem meio termo.Cada um tem suas ideologias, seu partido e à partir desse ponto de vista, cria concepções, ama seus ídolos e execra os que não comungarem dos seus valores. Como diz Caetano Veloso "Narciso acha feio o que não é espelho". Embora também prefira a esquerda, embora também abomine certas práticas coronelistas, não posso deixar de observar que grande parte da esquerda também fecha os olhos e finge não ver, não ouvir, se omitir e ser conivente com práticas que antes considerava abomináveis. O poder é inebriante e até os mais puros se sujam tentando mantê-lo. Não há como não aprovar o governo Lula, mas não dá pra dizer que não esteja alicercado em uma boa dose de malandragem, que envolve até o apoio de pessoas como José de Alencar e José Santana. Discordo radicamente de você, quando diminui o valor do político José Santana. Não sou ingênuo de imaginá-lo um santo. Mas também não o escomungo nem demonizo. Não tenho dados aqui, mas tenho noticias de que ele ajudou e muito Alvinópolis continua ajudando sempre que pode. Não retiro um milímetro do que escrevi. A única reprimenda que me fiz diz respeito à política do Galo Índio, que já tem seu candidato e mesmo assim, reverencia o nosso político mais proeminente.

gomesalvinopolense disse...

Marcos, respeito muito a sua opinião,bem como o seu entusiasmo,mas como disse o Pedro, muito mais coisas poderiam ter sido feitas para a cidade,uma vez que o nobre Deputado esteve nos governos da situação,por vários anos.Penso até em uma instituição de ensino federal, que poderia ser instalada em nossa terra natal.Por outro lado,basta ler a entrevista do ex-prefeito Sr Nilo Vieira,aqui mesmo no Alvinews,e ver que até hoje não se prestou nenhuma homenagem a pessoa e ao politico que trabalhou com grande desenvoltura para o progresso da cidade.
Um abraço.

Marcos Martino disse...

Concordo totalmente com a sua observação à respeito do Sr Nilo Gomes. Daí, vem até uma boa idéia. Poderia ser criado, por exemplo,um monumento homenageando esses prefeitos que configuraram a cidade do jeito que está hoje. Porém, ainda continuo insistindo na importancia do Santana. Aliás, imagino que o Santana tenha sido aliado do Sr. Nilo, do Dr. Mário, do Vicente Rocha e até do Marcinho em determinado momento. É aliado até do Gslo Indio. Perguntem ao Galo. Ele pode até ter parceria com o Pestana, mas nem ele nega a importância do Santana. Quanto a não ter trazido tanta coisa para Alvinópolis, acho melhor que esses ex-prefeitos falem à respeito. Gostaria muito de ouvir a opinião do Sr. Nilo. Não podemos ser ingênuos de imaginar que um deputado Federal pode contar apenas com um eleitorado de 12.000 para se eleger. Tem de mirar outros públicos alvos e foi o que o Santana fez. Mas nem por isso ele deixou de amar sua cidade, coisa que nunca deixou de fazer em toda a sua trajetória profissional.

gomesalvinopolense disse...

Caro Marcos,
Como disse em meu comentário,não discordo em nenhum momento da valorização do nobre Deputado Jose Santana.Apenas acho que uma extensão universitária em Alvinópolis,para quem teve todos os prefeitos aliados,inclusive vários mandatos do Sr Adair Alves Rola,e sequencias com Vicente Rocha e Marcinho,Bem como aliados como Fernando Henrique Cardoso Presidente da Republica,e Governadores,poderia, e deveria fazer muito mais por Alvinópolis.
Concordo também que 12000 eleitores é pouco para eleição de um deputado,mas ser majoritário em várias eleições teria de ter peso nas decisões.Duvido(não tenho estátisticas)que o sr José Santana seja majoritário em Joao Monlevade, Itabira,Bom Jesus do Amparo,etc,etc Onde o mesmo instalou emissora de rádio,conseguiu verbas para Ginásio Poliesportivo, o que Alvinópolis até hoje não possui.
Rádio Comunitária,tem em todo lugar,Ginásio Poliesportivo também.Asfalto,tudo bem, foi uma conquista...mas porque o Asfalto ligando Alvinópolis a Sta Barbara,e definitivamente ao ciclo do Ouro,Estrada Real, etc, não saiu do papel?
O que questiono sr Marcos,é a avaliação do Deputado Estadual e Posteriormente Federal Nascido em Alvinópolis, e não um paraquedista,que aparece em algumas ocasiões,e mesmo assim consegue algumas verbas para a cidade. Para alguns exemplos,temos em João Monlevade,o Sr Mauri Torres,que conseguiu extensão da UFOP,da UEMG,asfaltamento para Itabira,de Itabira para Nova Era. Em Itabira,o Sr Ronaldo Magalhaes,que não teve unanimidade na sua eleição,trouxe para a cidade a extenção da UNIFEI-Universidade Federal de Itajubá.
Viçosa-Mg,Diamantina,são João Evangelista,entre outras possuem univeritárias federais,que foram conseguidas através de politicos locais,e nunca coseguiram eleger politicos por unanimidade.Apenas interesses de politicos locais,que realmente gostam ou gostaram da cidade em sua época. Vamos analisar os nossos votos.

PEDRO disse...

Valeu Gomes, concordo com vc em número e grau, e o parabenizo pelos dados e exemplos postados. Conheço de perto, toda trajetória política do sr. José Santana, inclusive já votei nele, não tendo nenhuma conotação esquerdista minha crítica e colocação sobre o mesmo. O q disse foi apenas por conhece-lo. Sempre me perguntei, pq o sr. José Santana vem tão pouco em nossa cidade. Afirmo, aq é apenas mais reduto eleitoral seu (apesar d ser filho da terra).

Marcos Martino disse...

NÃO PODERIA DEIXAR DE POSTAR COMENTÁRIO DO NOBRE DEPUTADO:

Prezado Marcos Martino,

Agradeço sensibilizado o texto escrito pelo caro amigo. Vejo a lembrança do meu nome para uma estátua mais pela nossa amizade, pois na verdade quem merece essa homenagem são os prefeitos que nos acompanharam na caminhada em prol do desenvolvimento de Alvinópolis.

Nunca trabalhei com o propósito de ser homenageado. Tudo o que fiz foi em gratidão a minha terra natal.

Não podemos nos esquecer das excelentes gestões dos prefeitos Nilo Gomes Vieira, Dr. Mário França, Dico Lavanca, Vicente Rocha, Marcinho e Marinho de Azevedo Cota. Foram períodos em que a cidade recebeu um número significativo de obras e quando eu tive apoio integral dos mesmos para conseguir angariar recursos para Alvinópolis.

Ainda hoje continuo ajudando a nossa cidade. O caro amigo deve ter recebido correspondência onde falo sobre uma série de providências que consegui para Alvinópolis, que estão dependendo apenas do nosso amigo em comum, prefeito João de Cici, para serem concretizadas.

Para que você possa relembrar um pouco da atuação dos prefeitos citados, envio-lhe anexo relação de algumas das muitas obras que consegui para Alvinópolis, mas que só tornaram-se realidade graças a coragem e boa vontade destes prefeitos.

Aproveito a oportunidade para reiterar o meu apreço pelo caro amigo.

Com cordial abraço,


Deputado José Santana de Vasconcellos

Marcos Martino disse...

Relação de algumas das muitas obras levadas para Alvinópolis pelo deputado:

- Criação e instalação do Colégio Estadual (Escola Estadual Prof. Cândido Gomes/ Sede);

- Construção do Prédio do Colégio Estadual (Escola Estadual Prof. Cândido Gomes/ Sede);

- Criação do curso Normal e Técnico na sede do município;

- 1º grau nos Distritos, quando várias cidades da região não tinham escolas estaduais (EE Antônio Carlos/ Distrito de Fonseca – EE Des. Barcelos Correa/ Distrito de Major Ezequiel);

- Construção do Prédio da EE Des. Barcelos Correa;

- Reforma da EE Bias Fortes, reforma e ampliação da EE Antônio Carlos (Fonseca) e EE Monsenhor Bicalho;

- Reforma de escolas estaduais da sede, Distritos e Zona Rural;

- Mobiliário para todas as escolas estaduais;

- Abertura e melhoria das estradas que ligam os Distritos;

- Implantação do Sistema DDD na cidade e instalação de telefonia em todos os Distritos;

- Asfaltamento da estrada João Monlevade x Rio Piracicaba x Alvinópolis x Dom Silvério x Ponte Nova;

- Recursos para calçamento nos Distritos;

- Luz da Cemig na sede do município e Distritos;

- Ajuda no Esporte;

- Eletrificação Rural para um número significativo de habitantes na Zona Rural;

- Instalação do Banco do Brasil e do Banco do Estado de Minas Gerais;

- Construção de várias pontes, na sede, nos Distritos de Fonseca, Major Ezequiel e na Zona Rural;

- Reforma dos Postos de Saúde para atendimento médico-odontológico;

- Recursos para melhoria do serviço de água na sede, Distrito, inclusive Fonseca (sendo um dos mais modernos);

- Construção do Parque de Exposições (dos melhores da região);

- Várias quadras poliesportivas na Zona Rural;

- Viaduto sob a linha de trem para ligação da estrada Rio Piracicaba x Alvinópolis;

- Reversão para o município do prédio onde funciona a Câmara Municipal;

- Reforma do Fórum da Comarca de Alvinópolis;

- Recursos da Vale do Rio Doce para construção de galeria no Bairro do Asilo (maior reivindicação do bairro);

- Implantação de telefonia celular OI;

- Recapeamento da estrada João Monlevade x Rio Piracicaba x Alvinópolis x Dom Silvério;

- Aquisição de Transporte Escolar;

- Aquisição de Patrulha Agrícola;

- Aquisição de Unidade Móvel de Saúde;

- Verba para calçamento de ruas;

- Quadra poliesportiva;

- Verba para o Hospital Nossa Senhora de Lourdes;

- Eletrificação rural;

- Verba para calçamento de ruas e aluguel de máquinas;

- 4 km de massa asfáltica para ruas da cidade;

- Asfaltamento da entrada da cidade – Fábrica até a saída de Dom Silvério;

- Cobertura da Quadra do Colégio Estadual Cândido Gomes.

Marcos Martino disse...

Minha resposta para o Deputado:

" Prezado Deputado,

Permita-me discordar da sua opinião, mesmo admirado pela humildade demonstrada.

Penso que determinados monumentos públicos devem ser referenciais para que a gerações possam se espelhar e almejar chegar aos mais altos cumes.

Desconheço um Alvinopolense que tenha chegado a um patamar tão alto em termos de representatividade.

Sei que alguns contestam, principalmente aqueles que não tiveram oportunidade de vivenciar em loco alguns momentos de sua atuação, divisores de época entre uma Alvinópolis arcáica e da cidade que se configurou.

Tenho na mais alta estima o prefeito João Galo Indio também. Tive a oportunidade de morar com ele numa república de estudantes, na Av. Pedro II em Belo Horizonte e conheço o coração dele.

Infelizmente, alguns ventos políticos o levaram por outros caminhos, mas nem por isso ele deixou de ser um bom sujeito. Apenas um pouco mais enbrutecido por um inicio de governo atrapalhado e tempestuoso. Mas creio que em sua vasta experiência, já deve ter vivenciado histórias parecidas por diversas vezes.

Espero que em algum momento, os caminhos de vocês voltem a convergir, para o bem de Alvinópolis e de seus cidadãos.

E qualquer coisa que precisar desse humilde Alvinopolense, sabe que pode contar.

Grande abraço

MARCOS MARTINO

OBS - Hoje estou na Assessoria de Comunicação do Governo Gustavo Prandini em João Monlevade. Ele me convidou pra assumir a secretaria. Logo quando cheguei, o aconselhei a conversar com você, para pegar um pouco de jogo de cintura, de vivencia. Trata-se de um rapaz muito novo, com brilhante futuro pela frente.

PEDRO disse...

Pois é Marcos, sinto discordar d vc novamente, mas agora, vou mais longe, o nobre Deputado incorre em não expressar a veracidade dos fatos. Narrou fatos, aliás vários, de tempos q ele não era deputado, d tempos bem remotos, pois eu sei e lembro bem da primeira vez q ele foi eleito, aliás, à época votei nele. Compreendo seu esforço em homenagea-lo, mas continuo pensando q sua proposta foi muito infeliz.

Marcos Martino disse...

Divergências sempre teremos. Imagino que, convergências também.
Você também deve ter seus ídolos, que também poderei não aprovar tanto.
E a vida segue...

Anônimo disse...

Meu amigo vê se desencana, há tanta coisa mais importante para se fazer pela cidade. Esta pobre coitada que nos acolhe, os que da terra são e os estrangeiros como eu. O que realmente precisamos são de melhorias para essa população tão sofrida e esquecida por políticos corruptos e sem escrúpulos.
Quero deixar bem claro que não estou falando do político em questão, pois não conheço bem a sua historia, salvo apenas pelo que escuto da população. Mas o fato é que colocar ou não uma estátua desse ou daquele político, não trará benefícios concretos como emprego que muito falta a cidade, não melhorará a falta vergonhosa na saúde e na educação. Posso garantir sem medo que a maioria da população do município ficaria indignada com o descaso em relação ao dinheiro publico que seria empregado nessa sua empreitada, que já nos é roubado constantemente por políticos do país inteiro. Pois até mesmo esses pobres coitados eleitores nem mesmo se lembram em que votaram nessa ultima eleição.
Vejo que é uma pessoa inteligente, então sem querer ofende-lo, por que não usa esse seu dom para ajudar resolver os problemas desse município que aparentemente gosta. Deixe esses elefantes brancos e construções faraônicas para os egípcios. Estátuas não resolvem problemas de ninguém. Escrava um livro biográfico sobre o político em questão e vê no que dá. Será que alguém compraria? Não há melhor lembrança que a cultura do livro, pode acreditar.
Desde já agradeço a oportunidade de me expressa.

majorezequiel disse...

Sr. Marcos, peço até desculpas por comentar esse post ainda de 2010, não resisti. Não acredito que uma pessoa entre para a política por gratidão à sua terra, assim, como acredito piamente que um projeto de um político, colocado em prática, é uma obra do povo. Sou Alvinopolense, Majorense, já votei inúmeras vezes no "Zé Santana", quando morava em Minas, a pedido da minha família e, como eleitora dele que fui, exponho aqui minha opinião. O que ele fez por Alvinópolis, que foi pouco na minha maneira de ver, foi obrigação, afinal, ele foi eleito para isso. Este não é um pensamento direcionado só a ele, penso isso a respeito de qualquer pessoa que se dispõe a representar um povo. Visito minha terra ao menos uma vez ao ano e quando vou vejo que pouco ou nada mudou. Major Ezequiel sequer tem acesso à telefonia celular. E aquela eterna dívida do asfalto ligando o Alto a Major? Esse negócio de estátura para mim se enquadra no "panis et circenses". Mesmo não acreditando que seria atendida, enviei inúmeras vezes e-mail para Zé Santana, com a intenção de que ele pudesse ser intermediário entre o povo majorense e as operadoras de telefonia celular, nunca recebi nenhuma resposta, ahhhhhhh, votos jogados fora, esses foram.
Mesmo discordando do post da estátura, parabéns pelas publicações, por elas eu fico sabendo notícias da minha terra. Já vi até uma foto do meu pai no post da entrevista com Dr Nilo.
Terezinha Magalhães